Redação e Coberturas (94) 99165-0939
PUBLICIDADE
Notícias e informações de Canaã dos Carajás

Acusado de esfaquear mulher enquanto amamentava é condenado

A determinação é que a sentença seja cumprida em regime fechado

14 de junho de 2017
Nesta quarta-feira (14), Max Moares Néri foi condenado a 29 anos de prisão pelo assassinato de Ukailanne Cristina do Amaral Valente, em outubro de 2016. A juíza Sarah Rodrigues determinou que o acusado cumpra a sentença, inicialmente, em regime fechado.

De acordo com o processo, os filhos de Max e Ukailanne brigaram e ele se envolveu na confusão. Momentos após a discussão, Max invadiu a casa de Ukailanne, na época sua vizinha, e a esfaqueou enquanto amamentava.

O julgamento, qu e começou no início da manhã, teve a sentença divulgada por volta das 11h. De acordo com o conselho de sentença do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), o julgamento não demorou, pois havia apenas duas testemunhas: a mãe e um vizinho da vítima.
Fonte: Portal ORM